Sr. Bolaños #RIP

Roberto Gómez Bolaños... é, quem diria que o seu amado Chaves finalmente voltou ao lar de onde todos viemos... e voltaremos algum dia...

Chaves e Chapolin sempre representaram a imagem mais pura, e gostosa de ser criança...
Quem nunca, em algum momento citou frases como - Quem poderá me defender?

E nesses tempos,de crise de água, com frequência me recordo do episódio - Seu Barriga, fecha a torneira!
Como não lembrar do medo avassalador, ao tentar adentrar os reinos da Bruxa do 71, ops. Dona Clotilde...e nós com isso, tentamos eliminar os nossos ao constatar que a imaginação por vezes, é a maior responsável por eles...
Ou entender o valor da partilha, quando o Kiko, em seu egoísmo querendo todos os brinquedos, no final, se dá conta que é melhor brincar com alguém do que sozinho?
Até hoje, por vezes, esperamos a chegada do 'disco voador', e concluímos em gargalhadas em tantos momentos que indubitavelmente, teria sido melhor ir ver o filme do Pelé...
Ou então, ver,sentir e comprovar que as aparências enganam tanto, pro bem e pro mal...
Elas se parecem de limão, contudo acabam sendo de groselha, mas o sabor é tamarindo...
Deixamos também o orgulho de lado, e somo o tal cão arrependido...
Como esquecer, as pílulas de polegarina, capazes de diminuir o herói? Ou das anteninhas que detectam a presença do inimigo?
É, estimado Roberto, infelizmente o inimigo indetectável de todos nós mortais, é o tempo... e ainda diante de tudo o que você viveu e nos proporcionou foi muito pouco... Com um humor tão limpo, desprovido de qualquer pretensão, sua obra tornou-se imortalizada... e sua imagem também, por meio dela...

Despeço-me com uma tristeza, e a necessidade de um sanduíche de presunto saudoso e afirmo em uma de suas melhores frases...espero que encontre uma boa vizinhança onde quer que esteja...e nós, sua legião de seguidores, nos despedimos aqui, sem dizer, adeus jamais...

#RIPChaves

28/11/2014

Texto escrito por Barbara Saturnino

Comentários