O Grande Incêndio de Roma 14/07/64 dC

Você sabe o que aconteceu hoje, só que há 1951 anos...?

Na noite de 18 de julho de 64 DC, ocorreu o grande incêndio da cidade de Roma. Até hoje ninguém sabe como o incêndio começou, daí as especulações a respeito de um ato criminoso ordenado pelo imperador Nero, que teria iniciado o fogo que se espalhou principalmente pelas partes mais povoadas da cidade.

As proporções do incêndio foram enormes, no total durou 9 dias. Diz-se que o incêndio foi controlado após o sexto dia, mas focos de incêndio insistiam em reaparecer aqui e ali por mais três dias. Como resultado disso 10 das 14 zonas da cidade foram atingidas pelas chamas, principalmente devido ao tipo de moradia que se utilizava nas regiões mais pobres.

Sabe-se que as chamadas insulas (tipo de casa com até cinco andares feita de tijolos e madeira) ajudaram a propagar as chamas devido a serem feitas de um material que facilmente entra em combustão e também por estarem tão próximas umas das outras. Além de Nero, especula-se que os cristãos, que na época ainda eram de uma religião nova e considerada uma seita de fanáticos pelos cidadãos de Roma, tenham ateado fogo à cidade.

Outa hipótese seria que o incêndio teria se alastrado acidentalmente por que a população utilizava velas e fogo para se aquecer em suas insulas inflamáveis. O que se sabe é que o clima seco da época e os ventos fortes ajudaram a espalhar o fogo rapidamente.

Comentários