Morre o baixista Champignon

No dia 9 de setembro de 2013, faleceu o baixista e vocalista Champignon.

Aos 35 anos de idade, Luiz Carlos Leão Duarte Junior, seu nome de registro, cometeu suicídio.

Champignon foi a um restaurante com sua esposa, grávida de cinco meses. Após retornarem para casa, o músico foi para o quarto onde ficavam guardados seus instrumentos e cometeu suicídio com uma arma de fogo. Sua esposa, após ouvir o barulho, foi ao cômodo e encontrou o corpo do músico caído ao chão, com ferimento do lado direito da cabeça, disparado por uma pistola 380.

O baixista fez grande sucesso na banda Charlie Brown Jr., desde a adolescência em Santos, virou amigo e parceiro de banda do musico Chorão. Depois de 13 anos de banda, muito sucesso e algumas brigas, o baixista saiu e começou alguns novos projetos, participando da banda Revolucionário e Nove Mil Anjos.

Em 2011, após se entender com o vocalista Chorão, ele decide voltar para o Charlie Brown Jr. Champignon foi premiado algumas vezes como o melhor baixista do ano da música nacional e é reconhecido pelo seu talento ao tocar o instrumento.

O triste fato aconteceu seis meses após Chorão ter morrido de overdose, e quatro meses após Peu Sousa — seu companheiro na Nove Mil Anjos — cometer suicídio. Pouco antes de falecer, Champignon começou uma nova banda, com o nome de A Banca que tinha os remanescentes do Charlie Brown Jr., ele assumiu os vocais em homenagem ao seu amigo Chorão.

09/09/2013

Comentários