Inaugurado o Estádio do Pacaembú em São Paulo

No dia 27 de abril de 1940, foi inaugurado em São Paulo, no bairro do Pacaembú, o estádio Paulo Machado de Carvalho. O estádio recebeu o nome do empresário paulistano, que foi chefe da delegação brasileira nas conquistas das copas de 1958 e 1962 - por este feito Paulo Machado de Carvalho (1901 - 1992) foi chamado na época de Marechal da vitória.

Em 1998 o estádio foi tombado como patrimônio arquitetônico em seu estilo "Art Déco" típico da época quando foi construído (mesmo estilo do Cristo Redentor). O maior público registrado num jogo de futebol ocorreu em maio de 1942, num clássico entre Corinthians e São Paulo, que recebeu 72.018 torcedores. O jogo terminou empatado e 3 a 3 e marcou a estreia do Diamante Negro - Leônidas da Silva - no time do São Paulo.
Também aconteceu no Pacaembú a despedida da seleção do "baixinho" Romário

O Estádio do Pacaembú permanece até hoje sob a administração da prefeitura de São Paulo. Tem capacidade para receber até 40 mil torcedores dos vários times que mandam seus jogos no Pacaembú. O Santos futebol clube costuma jogar no ótimo gramado do Pacaembú quando manda seus jogos na capital paulista. Os times da capital também tem muita história pra ser contada sobre esses gramados, Palmeiras, São Paulo e principalmente Corinthians, fizeram do Pacaembú sua casa, sofrendo derrotas e também escrevendo histórias vitoriosas no local.

Ao contrário do que se imagina, o maior vencedor de títulos no Estádio do Pacaembú é o Palmeiras. O time alviverde ganhou lá 13 títulos, contra 9 títulos do time da zona leste, que está em segundo lugar.

O charmoso estádio do Pacaembú também tradicionalmente recebe a final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, que ocorre todo dia 25 de janeiro, no aniversário da cidade.

O museu também abriga o Museu do Futebol (inaugurado em 29 de setembro de 2008), que é um espaço cultural voltado para contar a história do futebol no Brasil.

Comentários