19 de Junho - Dia do Cinema Brasileiro

19 de junho é o "dia do cinema brasileiro". A data foi escolhida em homenagem às primeiras imagens em movimento gravadas no Brasil em 1898 (19 de junho) por Afonso Segreto (não há informações precisas a respeito de sua data de nascimento ou de morte, o que se sabe é que Afonso morreu na Itália em quase anonimato), um ítalo-brasileiro que neste ano viajou a Europa e adquiriu um cinematógrafo dos irmãos Lumière.

No seu retorno ao Brasil, filmou sua chegada a bordo do navio francês "Brésil". O curto filme se trata de tomadas da fortaleza e de navios de guerra na Baía de Guanabara. O irmão de Afonso - Paschoal Segreto (1868 - 1920) - também foi um cineasta pioneiro no Brasil. Paschoal inaugurou a primeira sala de cinema do Brasil, no Rio de Janeiro em 31 de Julho de 1897. Os irmãos Segreto já exibiam filmes através do cinematógrafo, que capturava imagens e também as projetava, desde 1896.

Após mais de um século, o cinema nacional ainda não conseguiu se consolidar nem mesmo em território nacional. Com pouco mais de duas mil salas de cinema no Brasil, por ano são vendidos mais de cem milhões de ingressos. Apenas 15 a 20% dos ingressos vendidos são a exibição de produções nacionais.

O Brasil esporadicamente ainda apresenta obras cinematográficas relevantes no cenário nacional e que repercutem internacionalmente, como os recentes exemplos "O que é isso companheiro?" (1997), de Bruno Barreto; "Central do Brasil" (1998), de Walter Sales; "Cidade de Deus" (2002) de Fernando Meirelles e "Tropa de Elite" (2007), dirigido por José Padilha.

O filme “Minha Mãe é Uma Peça 2” (2016) de César Rodrigues é a produção nacional com maior bilheteria na história do cinema nacional, acumulando mais de 117 milhões de reais em ingressos vendidos.

Qual é seu filme nacional favorito?

Comentários