Cassini-Huygens entra na órbita de Saturno para estudar o sistema solar externo.

Cassini-Huygens se trata de uma missão não tripulada em conjunto de três agenciais espaciais importantes - a NASA (EUA), a ESA (Agência Espacial Européia) e a ASI (Agência Espacial Italiana). Essas três agências lançaram ao espaço, em 15 de outubro de 1997 (no horário Europeu) um orbitador – a Cassini – e uma sonda – a Huygens. Após uma viagem interplanetária de aproximadamente sete anos e percorrer aproximadamente 1,4 bilhão de quilômetros, no dia 30 de junho de 2004 (horário do Brasil, na Europa já era 1 de julho), a nave entrou na órbita de Saturno.
A missão, que ainda está operando - clique aqui para visitar o site oficial da missão - tem como objetivo estudar o planeta, seus satélites naturais, a heliosfera (região atingida pelos ventos solares dispensados pelo Sol, que se acredita chegar até uma distância de 100 vezes a distância entre a Terra e o Sol) e também testar a teoria da relatividade.

A Cassini-Huygens não foi a primeira nave a visitar saturno, antes dela a Pioneer 11, a Voyager 1 e a Voyager 2 também visitaram e fotografaram o planeta, mas nenhuma delas entrou na órbita do planeta assim como a Cassini-Huygens. Foram 20 anos de desenvolvimento de projeto antes do lançamento e depois mais sete anos aguardando a nave chegar ao seu destino, mas valeu a pena. Os dados enviados pela sonda têm sido muito úteis no estudo do sistema solar externo (a parte do sistema solar que está além-Marte).

Ainda em 2004, no fim de dezembro, a Huygens se separou da Cassini e no meio de janeiro de 2005 a sonda adentrou à atmosfera do maior satélite de Saturno, Titã, e pousou em sua superfície. Foi o primeiro pouso com sucesso no sistema solar externo. O nome do orbitador - Cassini - se deu em homenagem ao astrônomo franco -italiano Giovanni Domenico Cassini. O nome da sonda - Huygens - se deu em homenagem ao astrônomo e matemático holandês Christiaan Huygens.

Em 2004, a Cassini-Huygens tirou uma foto da Terra equanto orbitava Saturno, a Terra é representada por um “pontinho branco” na imensidão do espaço. Foi a primeira foto planejada tirada da terra de uma distância interplanetária.

Comentários