Câmera de cinema

No dia 24 de Agosto de 1891, foi patenteada a primeira câmera de cinema. Na época chamada de cinetógrafo, o processo de filmagem consista em duas etapas; gravar imagens em filme com o cinetógrafo e posteriormente exibi-la através do cinetoscópio, que era uma caixa de madeira com um pequeno visor que mostrava as imagens rapidamente para dar a impressão de movimento.

O equipamento foi patenteado pelo cientista e empreendedor americano Thomas Edison (na verdade o aparelho foi desenvolvido pelo empregado de Thomas Edison, William Kennedy Laurie Dickson, mas encomendado por Thomas). Apesar de não ter sido a primeira câmera a ser inventada (William Friese-Greene em 1885 e Louis Le Prince em 1888 surgiram com câmeras que exibiriam imagens em movimento primeiro), o equipamento de Edison, movido por um motor elétrico, mostrou-se o melhor em performance e também foi o primeiro a ser explorado comercialmente no campo do entretenimento.

As imagens eram gravadas no filme e reproduzidas em movimento num pequeno visor (na época ainda não haviam telas de vídeo nem reprodução em tela de cinema) pelo preço de uma moeda em espécies de cinemas (chamadas nickelodeons).

Em 1908 Thomas Edison viria a liderar um movimento que visava obter controle completo da industria de cinema nos Estados Unidos. Produtoras e distribuidoras cinematográficas se associaram e formaram Motion Picture Patents Company afim de deter o monopólio de produções cinematográficas e de equipamentos utilizados nas produções.

Comentários